terça-feira, 2 de setembro de 2008

IV SEMANA DA DIVERSIDADE E IV PARADA DO ORGULHO LGBT

Com o tema Sou Cidadão e Mereço Respeito! Por Um Estado Laico de Fato!, a Associação de Homossexuais do Acre – AHAC realiza a IV Semana da Diversidade e IV Parada do Orgulho LGBT do Acre, de 09 a 14 de setembro de 2008. A IV Parada do Orgulho LGBT apresenta As Frenéticas e o DJ Patife no show de encerramento, dia 14, a partir das 19 horas, no estacionamento do Arena da Floresta. A organização espera um público de 40 mil pessoas.
A Semana da Diversidade, de 09 a 13 de setembro envolve uma programação focada na cultura, direitos humanos e entretenimento com shows, exibição de filmes, debates e palestras.
ABERTURA – DIA 09/09/2008, a partir das 8 horas, no Theatro Helio Melo, acontece a palestra Estatísticas de Violência contra os homossexuais no Brasil com Beto de Jesus – Secretário da ABGLT - Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais, ativista em defesa dos Direitos Humanos na ILGA (International Lesbian and Gay Association) e outras organizações internacionais, buscando cidadania para a população Brasileira LGBT e a entrega do troféu Rogério Sábio da Paciência aos ativistas que trabalham a construção de uma política de inclusão e contra o preconceito aos LGBTs.

DIA 09/09/2008 – 22H – FESTA SECOS, MOLHADOS E DIVERSOS COM A BANDA FILOMEDUSA E DJS – BAR CHÃO NATIVO – APÓS O TOP 15

O GRANDE SHOW DA IV PARADA LGBT DO ACRE
Dia 14/09/07 – Domingo
IV Parada do Orgulho LGBT
15h – Concentração no Calçadão da Gameleira
19h30 - Show de encerramento
AS FRENÉTICAS
DJ PATIFE
Local: Estacionamento do Arena da Floresta

AS FRENÉTICAS
Destaque como grupo vocal de disco music brasileiro nos anos 70, as Frenéticas Sandra, Lidoka, Edir, Dudu, Leiloca e Regina se juntaram em 1976 na discoteca Dancin' Days, criada pelo compositor e jornalista Nelson Motta, no Rio de Janeiro. O sucesso de "Perigosa" (Rita Lee/Nelson Motta) foi tanto que logo a Warner gravou um compacto com "A Felicidade Bate a Sua Porta" de Gonzaguinha. O LP "Frenéticas" foi um estouro instantâneo, vendendo 150 mil cópias rapidamente. O grupo também foi responsável pela música "Dancin' Days", tema da novela homônima, de 78. Ainda no final dos anos 70 gravam a abertura da novela "Feijão Maravilha", da TV Globo, com a música "O Preto que Satisfaz" (Gonzaguinha). Ambas foram incluídas no LP "Caia na Gandaia", mais o debochado jazz "Crisi Darling" (Wagner Ribeiro de Souza). Em 79, gravaram o LP "Soltas na vida", com o fox-trote "Ai! Se Eles Me Pegam Agora!" (Chico Buarque), da trilha da peça "Ópera do Malandro" e a marchinha "É que nessa encarnação eu nasci manga" (Luli/Lucina). Em 80, prestaram um tributo a Lamartine Babo no LP "Babando Lamartine", com arranjos de Sérgio Cabral. Em 83, após a saída de Regina e Sandra Pêra, Dudu Moraes, Edir, Leiloca e Lidoka gravaram o LP "Diabo a Quatro", com "Você Escolheu Errado o Seu Super-Herói". Outro grande sucesso foi "Perigosas Peruas", música que fez as ex-integrantes do grupo (extinto em 1983) se reunirem para lançar a faixa, tema da novela "Perigosas Peruas", de 1992, inclusa na coletânea "As Mais Gostosas das Frenéticas", que trazia regravações de seus principais sucessos e ainda mais duas inéditas, "Le Fudez Vous" (Dito) e "Oh! Boy" (Gonzaguinha). Na época, ainda apresentaram-se no Teatro Rival em curta temporada.
O SHOW VAI garantir bastante diversão aos antigos e novos fãs das Frenéticas. O grupo concretiza em CD seu retorno, oficializado no ano passado, regravando os velhos sucessos (A Felicidade Bate à Sua Porta, Perigosa, Dancin' Days) e também apelando a composições mais atuais, como o Rap do Real de Pedro Luís e Vai de Madureira (Zeca Baleiro). No mais, é tudo só alegria descompromissada.

DJ PATIFE

Certa vez, em 1993, numa de suas visitas às lojas de disco, Patife conheceu Marco, que mais tarde veio a se tornar o renomado DJ Marky. Os dois se tornaram amigos e ícones do gênero musical jungle, hoje conhecido como Drum & Bass.
O sucesso foi visível, o Drum & Bass tomou força em todo país. Juntando ao acontecimento da festa movement, Patife reencontrou um amigo chamado Bruno E. que estava lançando seu próprio selo intitulado Sambaloco Records em parceria com a gravadora Trama. O resultado dessa junção para o DJ Patife foi seu primeiro CD – Sounds of Dum`n`Bass, que trouxe consigo influências do Jazz e da música brasileira. A aceitação foi excelente, de repercussão surpreendente.
O ano 2000 trouxe grandes momentos para a carreira do DJ Patife. A começar pela sua produção em parceria com Mad Zoo da faixa "The Vibes", que se encontra num CD da gravadora Trama intitulado "Spiritual Drum & Bass", na seqüência, produziu com Xerxes o primeiro remix para o cantor e compositor Max de Castro, de uma música intitulada "Pra você lembrar". O resultado desse trabalho foi brilhante e se tornou uma das musicas mais tocadas não somente no Brasil como em diversos outros países. Também foi nesse ano, em uma apresentação no Sesc da Consolação, bairro paulista, que Patife conheceu Fernanda Porto, que o presenteou com um CD demo. Ao ouvir o CD, haja vista todos os CDs que ele recebe são ouvidos, enlouqueceu com a música "Sambassim" e pediu para fazer um remix. Prontamente, Patife, Marky, Dudu Marote e Fernanda Porto fizeram a música "Só tinha de ser com você".
Ainda no embalo do mesmo ano, aconteceu o primeiro Skol Beats em São Paulo. E pela primeira vez o DJ fazia som para um desfile no Morumbi Fashion, para a marca Cia Marítima.
Aproveitando o bom andamento profissional, Patife fez vários remixes com o amigo Mad Zoo para variadas bandas e cantores, tais como Tribalistas, Funk como le Gusta, Wilson Simoninha, Da Lata, Koop, Alph X e Les Gemmas.
A rotina de Patife passou a contar com inúmeras turnês pelo mundo; Alemanha, Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Croácia, Dinamarca, Escócia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, França, Hungria, Inglaterra, Itália, Jamaica, Japão, Noruega, Nova Zelândia, Polônia, Porto Rico, Portugal, República Tcheca, Sérvia, Singapura, Suécia, Suíça, Venezuela são alguns exemplos.
Patife continua a ministrar palestras sobre música eletrônica, algumas inclusive de graça para os mais diversos Sesc e locais onde se executam projetos para menores carentes.
Com mais intensidade que nunca, continua também estudando música, tendo aulas semanais, e procurando aprender sempre.


Banda Montage e Ângela Ro Ro ,na Semana da Diversidade

Dia 11/09/08 - Quinta-feira
22h – Show da Banda Montage - (electro rock) no projeto Noite Versátil da Boite Excalibir, sob o comando da Dj Claudinha e DJ Alain
Local: Boate Excalibur
Obs: Bilheteria será revertida para os projetos da Associação de Homossexuais do Acre – AHAC.

Sobre o Montage
Montage é a primeira banda de Electro Rock do Nordeste Brasileiro. Formada em Janeiro de 2005 por Daniel Peixoto (Voz e Visual), Leco Jucá (Groovebox e sintetizadores), a banda migrou de Fortaleza para São Paulo em março de 2006, e se prepara para lançar o primeiro álbum que pelo selo Segundo Mundo, do produtor Dudu Marote, fotos de Manuel Nogueira e figurinos de Lino Villaventura. Montage foi citada pela revista BIZZ como a banda que faltava há, no mínimo, 18 anos e eleito o "melhor show do Brasil" pela da Folha de SP tanto em 2005 como em 2006. Participou de festivais como Abril pro Rock,Mada, Machina Festival, Ceará Music, Rec beat, Supernovas (Esse tendo Iggor Cavalera na bateria), Goiania Noise e das duas últimas edições do Campari Rock dividindo palco com bandas como JUSTICE, SUPERGRASS, STEREO TOTAL, NEON JUDGMENT, THE CARDIGANS e GANG OF FOUR. Além do álbum de inéditas, que se chamará "I Trust My Dealer", a banda lança também um vinil de remixes na Europa ainda neste ano.

Dia 13/09/08 - Sábado
20h – Show da cantora Ângela Ro Ro – no Teatro Sarah Assef Valadares (FIRB/FAAO) com pré-show da cantora Edunira Assef
Obs.: estacionamento um quilo de alimento não perecível menos sal

Dia 14/09/07 – Domingo
IV Parada do Orgulho LGBT
15h – Concentração no Calçadão da Gameleira
Show de encerramento - As Frenéticas e DJ Patife

Filmes na Semana da Diversidade

10/09 - Quarta-feira
19h – Exibição do filme Buble (117 min) de Eytan Fox - Três amigos dividem um apartamento em Tel Aviv, até um deles se apaixonar por um palestino. Debate após exibição.
Local: Theatro Hélio Melo

Dia 11/09/08 - Quinta-feira
19h - Exibição do filme Meu Amor de Verão (86 min), do polonês Pawel Pawlikowski. Duas adolescentes se conhecem em um verão, logo se tornando grandes amigas e aos poucos iniciando um relacionamento mais sério. Debate após exibição.
Local: Theatro Hélio Melo


Dia 12/09/08 - Sexta-feira
19h - Exibição do filme Felizes Juntos (96 min) de Wong Kar-Wai. Lai e Ho são dois jovens apaixonados um pelo outro. Porém, durante uma viagem, Ho abandona seu amante e arruma um emprego na Argentina, com a intenção de voltar para Hong Kong quando juntasse dinheiro suficiente. Debate após exibição.
Local: Theatro Hélio Melo

3 comentários:

Claudinha Bártholo disse...

Meu deus, quanta coisaaa boa numa semana. E no meio meu niver yebaaa hahahaha.
Vai ser muito bom.
Também tô começando a divulgar a semana.

BEIJOSSS

dani disse...

e isso ai... :D

Carlos Gomes disse...

Muito boa a programação!
O Acre está avançando no processo de politização tanto da comunidade LGBT quanto dos Aliados.
Além dos seminários e das baladas, temos no domingo o grande ato politico consolidado na Parada Gay! E a Parada por sua essência e pelo o que representa é muito importante para avançarmos no processo por emancipação politica e humana!
SOU CIDADÃO E MEREÇO RESPEITO. POR UM ESTADO LAICO DE FATO!
Xeruzzzz